quinta-feira, 30 de julho de 2009

Sadam de Tallinn



Atentem ao canto inferior esquerdo da imagem: “Sadam.” Não, não se trata de uma fotomontagem. Muito menos de humor negro. A iraquiana personagem já não pertence ao reino dos vivos, mas será para sempre recordada na Estónia. Perpetuada. Sobretudo porque, para os nativos, “Sadam” significa “Porto”.

Sem comentários:

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.