sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Pulsar dos tempos

Custódio subiu a pulso na vida. E tudo lhe correu sempre de feição, porventura bem demais, até ao dia do seu divórcio. Saberão já que Carolina lhe ficou com quase tudo. Mas, por acaso, a culpa até foi dele: numa noite mais desbragada, de copos n'O Aires, confessaria ao Serrão que já não suportava mais aqueles tornozelos anafados.

Sem comentários:

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.