segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Última palavra

"Gostas de ter sempre a última palavra!", irava-se Marta. Naquele princípio de tarde (de fim de Agosto), ela percebeu que estava coberta de razão. "É ou não é?", insistiu. "Mas...", ainda esboçou Mário enquanto lhe desfalecia nos braços.

1 comentário:

Anónimo disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL.
Obrigada! :)


Depois De Ontem

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.