quarta-feira, 7 de outubro de 2009

O sonho de Sasha

Sasha pagava sempre com cash, que é um vocábulo inglês e muito bonito. Trazia-o sempre na pequena pochete negra de couro siberiano. E assim destrocou aqueles dinheiros no dia em que comprou a viatura. As notas de dólar ainda cheiravam ao patchouli das meninas e tal coincidência não passou despercebida no stand. Antes pelo contrário.

2 comentários:

£naile ©aroline disse...

Ola tudo bem?
gostei do seu blog
parabens ;*

Tve disse...

Eu tambem! Is it enough to make a fan club? ;)

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.