sábado, 24 de outubro de 2009

Oitimismo

Da primeira vez foi genuíno. À segunda também. As outras seis foram menos inocentes, é certo, mas em todas prevaleceu a crença pura. A fé cega. Iñaki era um oitimista.

1 comentário:

Rocío disse...

Como (este outro) Iñaki eu sou oitimista. E confio cegamente em ti :-)

Hogeita bi! ;-)

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.