sábado, 10 de outubro de 2009

Pevide bom, pevide mau

No soalheiro dia em que Justino atravessou o campo de girassóis (o tal de que vos falei a semana passada) deixou-se perturbar por um detalhe: quatro das flores não olharam para si. Desde então nunca mais comeu pevides.

1 comentário:

Tve disse...

Entao, nao era um russo, isso Justino...
:P

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.