quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Quase o modo

A sua profissão era ser simpática, para isso foi contratada. Contudo, e por qualquer sortilégio, não o era. Nunca o foi. Mas ninguém esquecerá aquele sorriso largo e franco que esboçou no dia em que foi despedida. Emocionante, quase. Quase.

1 comentário:

Sophia disse...

Não podia estar MAIS de acordo com o teu label, João...

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.