terça-feira, 10 de novembro de 2009

Alentejo

Sem revelar quaisquer maneiras, levantou-se da mesa e abandonou a sala. Bateu forte com a porta, ainda com mais força do que dela seria de esperar. Uma precipitação, julgo: a verdade é que naquela noite (pelo menos naquela) ninguém sequer insinuara que Débora era de Évora.

Sem comentários:

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.