domingo, 15 de novembro de 2009

Trem

As órbitas saltavam, soltavam-se dos olhos rasgados de Ryoto. Fosse já pouca a beleza das sakuras floridas, ou as neves resplandecentes cimeiras no Monte Fuji, era a muito mais de 300 quilómetros por hora que circulava já aquele magnífico comboio. “E agora imagina semboio”, observou Ryoto perante a estupefacção de Sayaka.

Sem comentários:

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.