terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Bocação

O hálito faz o monge.

6 comentários:

Sofia Martins Baleia disse...

Correndo o risco de voltarem a imaginar coisas sobre a minha opinião em relação à tua pessoa e não em relação ao teu dom:

És genial...

Manuela disse...

Olha o tamanho do ego.>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>crescendo....:-))

Tá bom, ele tem bocação.Descobriu a halitose no monastério..rs

João Lopes Marques disse...

Um beijo às duas. A acção traz alívio e confiança.

Sofia Martins Baleia disse...

Jonas,

A acção assumida da verdade, apenas.

A década em que te encontras já devia ter eliminado a hipótese de te guiares por falsos caminhos ou pensamentos.
Ele existe, está construído. Usufrui da viagem que apenas tens que percorrer.

Manuela disse...

Eu amei o beijo.
Recebi...apanhei com a mão, fechei e colei do lado esquerdo do peito...

Júlio de Ló disse...

Frase demais!
Adorei!
muito criativa!
abs

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.