domingo, 7 de março de 2010

Bárbara

Dizia-se uma portuguesa sueva, mas, e acreditem se quiserem, não passava de uma estúpida e irritante visigorda.

1 comentário:

Manuela disse...

Que mulher malvada. Temos de ser doces, meigas e carinhosas. ora.....

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.