sexta-feira, 28 de maio de 2010

DR



She said: "It's a fat Jesus..." I replied: "Feta cheeses?" Well, ladies and gentlemen, Demis Roussos. The voice, the man, the interpretation. Aitäh.

10 comentários:

Sofia disse...

A minha mãe é fã deste senhor...e não consigo perceber porquê, passados tantos anos...

Talvez pelo senhor ser uma formosura...

Rocío disse...

Eu gostava na altura era da versao malaia, ou seja: do Sandokan ;-)

Manu disse...

Sofia...ele era um "deus grego".:))
Na época devia ser um artista bom..tanto que o João é admirador.
O coração do João é cheio de gavetinhas. Tem a das músicas, do Tarzan e manequins, dos corpos despedaçados.

Sofia disse...

Bom e grande!...
Digo eu...

Manuela disse...

O amor é uma companhia.
Já não sei andar só pelos caminhos,
Porque já não posso andar só.
(..)
Fernando Pessoa

É verdade, né João???

* Sofia também acho isso, mesmo ele ameaçando ficar mau..:-)

Manu disse...

(..)

Tenho razão para sentir saudades de ti,
Da nossa convivência em falas camaradas,
Simples apertar de mãos, nem isso, voz
Modulando sílabas conhecidas e banais
Que eram sempre certeza e segurança.
Sim, tenho saudades.
Sim, acuso-te porque fizeste
O não previsto nas leis da amizade e da natureza
Nem nos deixaste sequer o direito de indagar
Porque o fizeste? Porque te foste?
:-))

Carlos Drumond de Andrade

Sofia disse...

^^
belo escritor...belo poema!

beijos Manu

Manuela disse...

Ausência

Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua

Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.:-)))

Sophia de Mello Breyner


Beijos e obrigada querida Sofia.

Sofia disse...

Manu,

Estou comovida...
Acabaste de descobrir, simplesmente, o meu poema favorito da minha querida Sophia, cujo qual já me foi dedicado em tempos...

Bolas...

beijos

Manuela disse...

A Sofia é uma poetisa de primeira grandeza.
Bom que gostou do poema.Beijos.

João,
depois vc apaga todos os meus comentários,viu o exagero??

Bjkas.

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.