Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2010

Kaká

Naquele Verão, Anita só fez merda. Ao ponto de Carlitos ainda pensar em acrescentar-lhe um "s". Antes do nome, está claro.

Credo

Dizia-me o Fausto: "É tão respeitável um muçulmano virar-se para Meca como um nudista despir-se no Meco." Também nunca percebi a diferença entre o herético e o herótico.

Sete colinas

Massimo é um cabalista inveterado, disso há muito sabíamos. Só não esperávamos que decifrasse a mais intrigante de todas as charadas. Com estonteante clarividência: LX, a famosa Olisipo dos romanos, é a mesma Sessenta dos lusitanos.

Era ulna vez um osso

Passa-se tanta coisa entre o pulso e o cotovelo que nem estranhei a pergunta de Xavier: "Se rádio é o mais pequeno dos dois ossos que constituem o antebraço, qual o nome do maior?" Bom, "televisão" não é certamente.

Spontaneous Estonia: a freedom exercise

by João Lopes Marques (Eesti keeles)

For a Portuguese who is raised in a culture of improvisation, The Netherlands was quite a traumatic home. There is a small word Dutch people love: "agenda." Still nowadays when I am planning things with my good friends in Amsterdam I have to allow one or two weeks. The most common sentence I heard while living in Amsterdam was "Let me check my agenda..."

On top it seems they make it on purpose: the pronunciation must be very guttural so that underlines the rational power of the etym. "Agenda" is the Dutch — and Germanic, and Scandinavian — symbol of organization. I am also extremely cautious every time I pass by Vienna, Berlin or Zurich: life must be thought in advance and never ever cancel a meeting just because you are in bad mood, bumped into a ex-girlfriend or forgot about that national team match on TV.

You risk losing a friend.

This is why Estonian spontaneousness was quite a big surprise for me. Four years afte…

Refrão sem freio

E assim berrou o mais pequenito: "Pára papá, pára papá, papá pára, pára papá, pára papá..." Insuficiente estribilho: como conseguiria ele evitar o pior?

Merda

Obrou com vagar e afastou-se com inusitada lentidão. Até estacar novamente. Contemplativo, Igor compreendeu-se então muito melhor: do que ele precisava na vida era de alguma distância fecal.

Kalamaja mo(u)rning