terça-feira, 17 de agosto de 2010

Dos quentes e dos frios

Consta já do livro sagrado dos partos, embora tenham sido os frígios quem investiu sentido à máxima, que se mantém bastante actual: "E assim como as almas frias e reservadas no Inverno penarão, as mais gentis e calorosas o Paraíso verão."

1 comentário:

Manuela disse...

Eu prefiro derreter do que congelar.;-)
Nem ventilador vai resolver..

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.