domingo, 26 de setembro de 2010

Beast-seller

Acreditava Arnbjörg que é na prisão que se escrevem os melhores romances. Pena que precisasse de matar (por) sete vezes para publicar o seu primeiro.

4 comentários:

Rocío disse...

O Arnbjörg engana-se. Tu nunca estiveste estiveste na cadeia, pois não? :-)

Rocío disse...

Ou então... caso ele tiver razão: vais ter de matar alguém para fircarmos a saber do quê (mais) és capaz ;-)

Se não te ocurrem pessoas que mereçam ser assassinadas, te posso dar algumas ideias LOL

Odbulio Ortega disse...

Para escrever, matar não paga a pena, apesar da pena ter o poder de matar... pousada no papel ou enfiada na jugular (neste caso, diga que foi para se defender!).

Pagu disse...

Uma pena que escreve,que voa,que sentencia.

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.