Avançar para o conteúdo principal

Obrigado, Manu



No Twitter vão encontrá-la pelo nome de @MariaLosRios e é a autora desta fantástica, e videográfica, compilação de contos do "Circo Vicioso".

Comentários

Manu disse…
Os contos são ótimos. O autor quando quer( e até quando não quer) chega a Asgard.
Sofia disse…
Quem tem fãs tem tudo, quem não tem fãs não tem nada...^^
E quem sou eu para desmentir?
Sofia disse…
O mérito é todo teu. Não merecerias menos que isto.

E no que toca a mim, também tenho a minha cota parte de fã, confesso...

Publicamente, para que não haja dúvidas...
^_^
Sofia disse…
Sa teretulnud!

(se estiver errado a culpa não é minha, é da fonte...)
Manuela disse…
Somos mulheres terríveis, não é??
A. Almeida disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
A. Almeida disse…
(...)Autora desta fantástica, e videográfica, compilação de contos do "Circo Vicioso".
------
Se me é permitido, direi que se existe um Martin Scorsese em versão mulher, está presente nesta admirável obra.

De aplaudir o João Lopes, um autêntico descobridor de novos talentos.

Abraços
Rocío disse…
Sofia, Apenas agora compreendi a cena dos fãs hehehe

Que eu posso adicionar? Apenas confessar-me rendida admiradora do menino e do talento dele (inerente à sua pessoa).
Autores a exalar criatividade por cada poro da pele não há assim tantos mas que, ainda por cima, não se armem em seres superiores e se mostrem tão meigamente próximos das pessoas que lhe seguem como o João faz...

É natural, por isso, tod@s gostarmos tanto dele.

Não mudes nunca, Joonas, fazes-nos bem à alma :-)
Sofia disse…
Falou bonito Rocío...^_^

Assino por baixo!
Manuela disse…
Almeida..Almeida..hahah, coração venenoso..

Mensagens populares deste blogue

19 kinds of girls who bruise my soul

By João Lopes Marques (Eesti keeles)


There was a time, not too long ago, I believed I had become a misogynous guy. False. I wasn’t. Then I started fearing I was slightly gynophobic. Nope. I was just afraid to bump into another stupid girl. It wasn’t easy to understand it but 10 or 15 years later I realize I’m just too sensitive to 19 specific species of women. Indeed, I can even turn intolerant in presence of one of them. Such a phenomenon can be either personal taste or old trauma, I know. However, I don’t care anymore. I just confess the following kind of females have the power to bruise my soul:


1- The hologram girl

You think everything is fine, that that closeness is real, and you stretch your arm. Of course you wanted more and she let you play that game. For a week. A month. Sometimes even for years. Helàs! Now you understand you were living in a dream. “Why did she give me so many wrong signs”, you wonder; “João, I’ve seen you always as a very good friend”, she states.


2- The drink-…