quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Anatomia de una portada


9 comentários:

Rocío disse...

Os alunos da Rita perguntaram o porque da fotografia da capa... Deves trazer esta sequência para lhes mostrar e explicar :-)

Sofia disse...

gostei, gosto e gostarei...

Manu disse...

Eu soube que em Avriku o amor dos heróis terminou num jantar. PIRARUCU NO ESPETO.De bebida foi a cachacinha DOMINA SUAVE.
Como fundo musical ♫♫ "Dancing Queen"ABBA.

Love..love...love....

Manu disse...

Vabriku*~~~~ hahahha

Mori-Morwen disse...

Gosto do que vejo e leio do autor. Ele evoluiu no amor, até admite o amor entre iguais;-)

João Lopes Marques disse...

Cara sereia-em-celta: sempre admiti. Acho o amor entre iguais um fenómeno altamente exótico e libertário.

Tüdruk disse...

I like the culmination: from something wild and random becomes meaningful. Have to investigate more of the semiotics of Kalamaja, maybe not that random at all :)

Obdulio Ortega disse...

Efeito da tinta que escorre ou é propriamente Batman que chora ao admitir cabalmente o seu amor pelo pássaro fugidio, Robin? No acre de ruas desertas, docemente, um beijo se afirma.

Manu disse...

Sensacional. É um poeta o Ortega..heheh

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.