Avançar para o conteúdo principal

Convicção

Há muita gente a escrever "vem". Mas poucos o fazem bem.

Comentários

Anónimo disse…
...o melhor é escrever vai e não voltes ou será fui?...é mais poético e realista e não sujeito a confusões desnecessárias e ABCs alheios...
Rocío disse…
Poucos o fazem bem e ainda menos fazem o bem. Maldade.
Anónimo disse…
....isso, Rocío, concordo inteiramente consigo- a maldade (nunca lhe ponho uma maiúscula), o egoísmo, a falta de ética, entre tantas outras degradações desumanas...o Bem esse é posto em prática de forma sempre Elevada...
Obdulio Ortega disse…
Mal! Pronto, escrevi! Deixará de existir, por vezes maiúsculamente, caso não o nomeie?
Anónimo disse…
...claro que não, Obdulio, apenas como lhe tenho o maior dos desprezos, pois julgo-o uma dimensão completamente abjecta, deixando-me, talvez inebriar com a Beleza da Luz daquilo que, hoje, sei ser o Caminho,opto por não o maiuculizar...posso?
Obdulio Ortega disse…
Não só pode, como deve, Anónimo! Só posso elogiar a sua vontade, pois como deve saber, o Caminho é grandioso, mas estreito.
Anónimo disse…
...claro que sim, sempre O Foi e é mais fácil um elefante voar que um ignóbil lá chegar (foi só para rimar...)
Manuela disse…
Isto está muito bom...vamos praticar??:))

Mensagens populares deste blogue

19 kinds of girls who bruise my soul

By João Lopes Marques (Eesti keeles)


There was a time, not too long ago, I believed I had become a misogynous guy. False. I wasn’t. Then I started fearing I was slightly gynophobic. Nope. I was just afraid to bump into another stupid girl. It wasn’t easy to understand it but 10 or 15 years later I realize I’m just too sensitive to 19 specific species of women. Indeed, I can even turn intolerant in presence of one of them. Such a phenomenon can be either personal taste or old trauma, I know. However, I don’t care anymore. I just confess the following kind of females have the power to bruise my soul:


1- The hologram girl

You think everything is fine, that that closeness is real, and you stretch your arm. Of course you wanted more and she let you play that game. For a week. A month. Sometimes even for years. Helàs! Now you understand you were living in a dream. “Why did she give me so many wrong signs”, you wonder; “João, I’ve seen you always as a very good friend”, she states.


2- The drink-…