quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Multiplicação

Princípio, meio e filho.

3 comentários:

Manuela disse...

..muita calma nessa hora.Pense..se vai usar o meio para ter um filho.

Anónimo disse...

...pense, fundamentalmente, se já procriou se não se deverá responsabilizar-se pelo fruto do feito...

Isabel Metello disse...

...e claro que essa responsabilização implica não só um papel legalizando a sua existência, não, implica: criá-lo com Afecto, Respeito, Atenção, pô-lo acima de qualquer circunstância da sua vida, defender os seus direitos até ao fim do mundo se necessário for, prescindir de si até ao infinito para que esse fruto desfrute da felicidade que se sonha para ele...não basta assinar petições online...

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.