quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Pretérito imperfeito

Há muito tempo já que Herr Brinkerhoff não alimentava pectativas. E porquê? Isso era coisa passada. Ex-pectativas.

5 comentários:

Rocío disse...

Regra nº 1: Não criar ex-pectativas

Regra nº 2: Não pretender pôr etiquetas em tudo

Regra nº 3: Não inventar regras

:-)

Sofia disse...

O futuro adeus pertence...a quem?

Anónimo disse...

Rocío e Sofia, gostei...atrever-me-ia a acrescentar uma outra regra: olhar para cada um dos encontros nesta vida como uma bênção...mesmo se nos provocam ABCs...são meros instrumentos de evolução interior...o adeus a Deus Pertence, mesmo...

Obdulio Ortega disse...

Sem querer deitar considerações filosóficas, eu estou tentando, realmente, viver o momento presente. O que me dá uma permanente sensação de falsidade ideológica...

Jéssica Trabuco disse...

"Regra nº 3: Não inventar regra"

;)

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.