terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Síndrome de Estocolmo

Um homem é um homem; um rapto é um rapto.

7 comentários:

Manu disse...

Eu já falei que gosto muito de você, João??
Sofro de Síndrome joanina!Muito pior que a de Estocolmo..

ob disse...

Quando estamos verdadeiramente enamorados, sentimos como se a nossa alma fosse arrancada a força de sua casa, o nosso corpo, e caminhasse presa acorrentada ao passo de outrem.

Austra Lopes Pithecus disse...

Ay,ay,ay,ay,
Canta y no llores,
Porque cantando se alegran,
Cielito lindo, los corazones...

Manu disse...

pamparampampam

Anónimo disse...

Rapte-me camaleão...

João Lopes Marques disse...

Tem a certeza, caro anónimo?

Manu disse...

O anónimo não terminou de cantar:" Rapte-me camaleoa(ão)
Adapte-me ao seu
Ne me quitte pas
(..)

O Pithecus está numa de bolerão.:))

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.