Avançar para o conteúdo principal

8 de Maio, dia da comunhão iberiana (fotos de Carlos Isaac)

























Comentários

Rocío disse…
Estou a morrer de inveja: Frei Bento, Fil, Paulo, Sérgio... estavam lá (quase) todos :-)

Adoro essa do Filipe (de punho fechado e cara de torero)a fazer rir o frei.
Ele prometeu relatório, terá de me dizer o quê lhe estava a contar :-P
Tüdruk disse…
You had some good aura there. Everybody is smiling. The Aura of Iberiana? :)
Paulo Freixinho disse…
Gostei de te rever... quanto ao livro, está aqui ao lado, junto ao «parapeito» da janela... aguardando a hora de ser lido... ;-)...

Abraço,
PF
Rocío disse…
Só pode ser a famosa aura iberiana, Kallis Age ;-)
ob disse…
De longe, também senti a aura de que fala Age. E saber que da mão sinistra do João surge a aurora do sorriso que congrega a todos.
Rocío disse…
Ob, você é um poeta :-)
Sem dúvida que pairou uma certa aura. Sinto-me honrado pela energia que andou ali ontem à solta.
...e,eu,cumpri uma comprida e rociana promessa, para salvar a alma da Rocio...
Rocío disse…
Que Kurro te bendiga por salvar mi alma pecadora, querido Pithecus :-)
Francisco disse…
Pena, muita pena...
Aguardo a reportagem!
Manuela disse…
Pelas fotos estava linda a festa. Parabéns e muita luz nesse caminho
sónia disse…
Um final de tarde luminoso :)
E como "não há nada mais pernicioso do que o abuso dos superlativos" (sejam eles sintéticos, analíticos ou relativos, limito-me a dizer que gostei muito.
Obrigada pela disponibilidade e pelos autógrafos que vou guardar como se de uma perna do Pequeno Corvo se tratasse.
sónia disse…
O parêntesis ter-se-ia fechado, se o cansaço não fosse tanto :)))
Francisco, reportagem em breve. Sónia, adorei conhecer-te. Abraço iberiano.
Sofia disse…
Fiquei com pena de não ter chegado a horas da palestra...mas ficou o abraço e o desejo de sucesso.
Foi bom rever-te.^_^
Obrigado, Sofia. Mas ainda nos encontrámos. Foi uma tarde bonita.
Sofia disse…
eu é que agradeço meu caro Jonas...

Mensagens populares deste blogue

19 kinds of girls who bruise my soul

By João Lopes Marques (Eesti keeles)


There was a time, not too long ago, I believed I had become a misogynous guy. False. I wasn’t. Then I started fearing I was slightly gynophobic. Nope. I was just afraid to bump into another stupid girl. It wasn’t easy to understand it but 10 or 15 years later I realize I’m just too sensitive to 19 specific species of women. Indeed, I can even turn intolerant in presence of one of them. Such a phenomenon can be either personal taste or old trauma, I know. However, I don’t care anymore. I just confess the following kind of females have the power to bruise my soul:


1- The hologram girl

You think everything is fine, that that closeness is real, and you stretch your arm. Of course you wanted more and she let you play that game. For a week. A month. Sometimes even for years. Helàs! Now you understand you were living in a dream. “Why did she give me so many wrong signs”, you wonder; “João, I’ve seen you always as a very good friend”, she states.


2- The drink-…

Portugalinhozinho