quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Subtração

Para vencer a adição, Ahmed perdeu-se na contradição. 

13 comentários:

Miguel G Palma disse...

Ahmed não tem como escapar à contradição. Para adicionar substância ao ser, terá de subtrair substância. Que raio de adição...
Será subtrair, trair por baixo?

João Lopes Marques disse...

Ahmed não mede...

Isabel Metello disse...

Não me digas que recaíste em bebidas menos inócuas...ou talvez na adição às cenas hard core com o teu amigo voyeur...tsss, tsss, tsss, e vocês que já tinham um manancial já bastante avolumado, pelas informações de um participante na folia...by the way, já fizeram a Noite de Cristal, queimando ou destruindo other evidences? ...vá lá...assim ainda poderás escapar, um pouco, à tua contra-própria-adicção...

Sandrinha disse...

O que é a noite de cristal?

Isabel Metello disse...

Sandrinha, foi a noite em que os nazis incendiaram várias livrarias e livros judaicos...é tipo as intemporais fogueiras da inquisição lideradas por perverts que tentam expurgar os seus próprios desvios e frustrações em inocentes que consideram empecilhos aos seus micro-contos ficcionais e interesses nefandos...afinal, há uma imagem de marca de grupo a preservar a qualquer custo, só que, desta vez, enganam-se...

Sandrinha disse...

Não percebi nada.

Anónimo disse...

JLM, aposto que essa personagem da Isabel Metello foste tu quem inventou... Hilariante e absolutamente brilhante!

Isabel Metello disse...

JLM, não fui, não sou nem jamais serei uma personagem, sou uma Pessoa de Princípios e Valores e uma Mãe que vem sendo anulada desde o nascimento da sua Filha e que tem lutado por Ela e que lutará até ao fim...ambas sofremos desde quase há 10 anos os efeitos nefastos desta anulação, perpretada por um grupo de ignóbeis criaturas e legitimada por uma sociedade plutocrata e imoral...muitas das Mulheres e Mães /Homens/Pais que se viram e vêem nestes contextos de tentativa de anulação social total, são, quando enfrentam do outro lado gente com poder reticular e dinheiro (tantas vezes a el(e)as subtraído e construído com o seu "sangue, suor e lágrimas") completamente aniquilad(o)as sem terem alguém que (o)as apoie, nem as tais instituições que, publicamente, se advogam defensoras dos direitos dos "oprimidos"...Mulheres e Mães/ Homens e Pais a quem são subtraídos todos os direitos consagrados na Declaração dos Direitos das Crianças e dos Homens/Mulheres, nomeadamente de Justiça e Protecção perante a ignomínia e actos criminosos de foro público...se considerar o sofrimento de alguém como hilariante junte-se ao grupo destas hienas que utilizam as tragédias alheias como leitmotiv das suas conversas cómicas de café, que em nada se distinguem das das porteiras frustradas de soleira de porta....hienas que andam a provocar danos irreparáveis em seres que só querem seguir as suas Vidas com a Dignidade que lhes é devida, ainda que haja já danos tão grandes irreparáveis...

Sandrinha, se não percebeste, puxa pela memória e vai ao google e procura a keyexpression Noite de Cristal...só que desta vez, é um pouco ao contrário, pois os documentos imagéticos e/ou audiovisuais hard core, que faziam/fazem as delícias de perverts a serem destruídos são os dos próprios...alguns salvaram-se do magusto, por coincidência, quando da separação, Deus fez-me encontrá-los na cave numa caixa...e ainda há muita mais porcaria...

Isabel Metello disse...

Ah, mas eu fui abençoada pela Amizade de Pessoas de Carácter que nos têm ajudado a combater esta força nefasta reticular...há muit(o)as que se vêem totalmente sozinhos e que até dos Filhos têm de abdicar, sucumbindo tantas vezes perante o desgaste das pressões e humilhações públicas contínuas... Filhos que são usados, criminosa e obscenamente, como armas de arremesso, mais ou menos exlicitamente, conforme os perfis dos agressores, que, tendencialmente, se arvoram, como seus defensores, quando, na realidade, lhes anulam Direitos Inalienáveis de Vivência Condigna, marcando-os para toda a VIda...

Isabel Metello disse...

Sandrinha, esquece a Noite de Cristal, pois, de facto, a lógica foi mesmo a copntrária...pensa nos escândalos dos apagões de alguns discos rígidos e de escutas incómodas...

sónia disse...

São adições a mais para as minhas medidas... Não percebo nada do que para aqui vai...
Contra-dicções?

Anónimo disse...

Tema psiquiátrico: Metê-lo anónimo ou Metê-lo explícito ?...

Manu disse...

Subtraiu a razão. Virou um azarão..

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.