quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Sügis, kallis sügis

4 comentários:

Rocío disse...

O sügis até seria lindo se a seguir não viesse o winter.

Mas tudo bem...Vamos desfrutar de mais um sügis literário :-)

sónia disse...

O alpendre é bonito, mas não percebi patavina. Obrigada por este momento de relaxamento. Oh Deus, que mais me espera neste blogue?

João Lopes Marques disse...

Quando falas em alpendre, eu alprendo-me ainda mais a este blogue. Mértola! Tenho família alentejana...

sónia disse...

Alprendamo-nos a este blogue, porque vale a pena! Pena tenho eu de não ter tempo para o fazer mais vezes.
Quanto às origens alentejanas, não é de estranhar que corra nas tuas veias esse sangue de pradaria e de alpendres, de montes e de sol, de casas caiadas e de boa gente sempre disposta (e bem) a muitos dedos de conversa. Bem-hajas!
(E agora fiquei na dúvida: bem haja com ou sem hífen? É um desespero este acordo e o Novo Programa de LPortuguesa não lhe fica atrás!)

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.