sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Tentativa e erro

"Basílio!", corrigia ele sempre que lhe chamavam Brasílio. Muito pior era ninguém acreditar que era argentino.

4 comentários:

Austra Lopes Pithecus disse...

Retomo o último relato. Continuamos a caminhar em busca de sítios mais quentes. As aves, nos céus, parecem fazer o mesmo nesta época, parecem Pithecus com asas. Porém, grandes chuvadas perturbam progressão e a nossa vital necessidade de caçar.Há já vários Pithecus constipados ,com fome e sem subsídios de doença. Anda tudo um pouco nervoso e, eu dei por mim com uma exclamação que enervou a tribo: QUEM ANDA À CHUVA MOLHA-SE...

Austra Lopes Pithecus disse...

Andará,também,o Basílio à chuva ?...

Manu disse...

Já dizia um "filósofo" paulista: "quem anda na chuva é pra se queimar"..:)))

sónia disse...

Basilar, meu caro escritor! Todavia, deveras trocadilhista.

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.