segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Cabeçudo (II)



Percebem agora? O problema é quando estas modas pegam. Estão a destruir o futebol. Ontem foi a vez de Ryujiro Ueda imitar o Jone. Rui Giro, o japonês, somou-lhe mais um metro. O recorde mundial já vai nos 58 metros. Não tarda e temos um de baliza-a-baliza. Oh, como o Salmão adora estes factóides... 

2 comentários:

Austra Lopes Pithecus disse...

Atenção que os Tugas nestas coisas são bons. A utilização do cabeço, é uma qualidade atávica marcante (inclusive com honras topomínicas) só ultrapassada pelo nacional xicoespertismo.No uso da cabeça não seremos tão fortes,mas, isso
para aqui é desprezível. Vai por mim, Jonas, este record, não durará muito...

Leonardo (de Avintes) disse...

As escolinhas do Avintes acabam de dar 14-0 ao Perosinho.Então e ninguém fala disto ?...

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.