quarta-feira, 9 de maio de 2012

Dos traficantes de números

Contaram até vinte com grande convicção e levantaram-se antes de sumirem por entre as brumas. Foi uma cena lamentável e a multidão ululante merecia muito mais. Caramba, facilmente poderiam ter chegado aos trinta. Aos quarenta mesmo.

2 comentários:

Rocío disse...

De números percebo eu pouco. Sei apenas que não gosto de "números rojos" (aliás, devem ser os únicos "rojos" de que não gosto) ;)

sónia disse...

O que mais andam por aí à deriva (agora fiquei com esta na cabeça) são traficantes de números!!!

Haiku de merda

Levava uma Fuji, Mas do monte fugi, Sim, do Monte Fuji.