segunda-feira, 14 de setembro de 2009

M&M

Marta coxeava (resultado de um acidente doméstico tão estúpido que dele nem vos quero falar aqui). Mário corria (por desporto). Eram os dois bastante felizes, daquela felicidade tangível, assente nas ínfimas alegrias, na partilha desinteressada dos momentos. Na comunhão altruísta. Contudo, um ponto havia em que M&M jamais se entenderam. Irrompia sempre que chegavam ao cinema: ela gostava tanto da coxia como ele do corredor.

Sem comentários:

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.