sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Creta concreta

Adamopoulos agitou-se quando todos esperavam que se congratulasse com o acordo alcançado. Dezassete semanas de helénicas negociações (desgastantes, ainda por cima). Vociferou: "Mas será que não me faço entender? Quero uma proposta com Creta!" O bem-intencionado Haristeas ia tendo um baque. Não percebeu logo à primeira, mas, sábio como era, rabiscaria mais tarde no carcomido documento: "Onde se lê 'mansão em Hidra' deverá fazer fé "T3 no centro histórico de Hania'."

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.