Avançar para o conteúdo principal

Life is a cabernet

Jamais me esquecerei da luz fosca da vela, do modo suave como mo verteu no corpo. "O que syrah, syrah...", sussurrou-me Tommaso antes de me beber todinha.

Comentários

Sophia disse…
E depois de a beber, ficou como um cacho...(de uvas negras, doces e sumarentas)
Manu disse…
Sorveu.Deixou-a passear pela boca para sentir cada sabor diferente..hum..
Manuela disse…
Cadê a Rocío?? ela faz parte das "Meninas Superpoderosas"!! rs
Sophia disse…
Manuela, não creio que nos deixou, deve estar nos bastidores...
Rocío disse…
Nos bastidores, sim, Sophia.
Às vezes é preciso abandonar o palco, trabalhar nas sombras... :-)

Mas estou sempre cá, vocês sabem...
Faço parte do harém ;-)

Manuela... "Meninas Superpoderosas"? Boa! Ou então D'Artagnan e as três mosqueteiras ;)
Sophia disse…
Rocío, em que sítio mais poderias estar? ^^
Os bastidores nunca nos largam.
Amei a versão D'Artagnan e as três mosqueteiras ^_^.
My dearest dears, life is a cabernet! Thanks!
Sophia disse…
Our a circus...you're welcome...^^
Manuela disse…
Toulouse-Lautrec e as dançarinas do cancan..
Vamos saltitar..
Manuela disse…
Interessante é que cada mosqueteira encontra-se num país diferente.
Viva a internet.Né João????
Sim, virámos a página, Manuela. Admirável.

(De onde és tu/você?)
Rocío disse…
Isso que eu ia perguntar...onde és, Manuela? :-)

E... saltitar até posso mas subir a saia é que não que esta um frioo... brrrrrrrr ;-)
Manuela disse…
Eu moro em Minas Gerais.Brasil.
Nasci em Braga.Moro desde criança neste Brasil varonil..hehe
O que a internet tem de melhor é isto.Conhecermos quem vale a pena!!!
Este comentário foi removido pelo autor.
Que história bonita.

E explica-se assim por que Braga é o apelido (sobrenome) mais comum no Brasil (juntamente com Cavalcanti).

Interessante.
Manu disse…
João,

eu sou Manel(a) Pereira.. e não vim em lua- de- mel..
Fantástico, Manu...

Às vezes confundo-me, todavia. A Manu é do Rio e a Manuela de Minas?

O contingente manuelino cresce em torno de mim, ameaça tornar-se um enigma... Um enigma saboroso.
Manuela/Manu disse…
Eu sou a Manuela e a Manu. Aqui muitos me chama de Manu.Fico com preguiça(ô pecado) de escrever o nome por extenso.
Manu disse…
chamam*
Manuela disse…
O João é muito exigente com ele mesmo. Não é???
Enquanto não encontra a perfeição no texto, não pára.
Poderia (deveria?) ser muito mais. Mas estou já a vertê-los para o CV2, gostava de o fechar até ao final da semana... A ver vamos...

;-)
Sophia disse…
Isto é que vai aqui uma cavaqueira de Pereiras...
Rocío não me digas que também partilhas o apelido para completar o trio Pereira.
Até eu já tinha percebido que não passávamos de três deambulantes viciosas e viciantes.
Manu disse…
Somos deliciosas peras, boas para o coração, fortificamos o músculo.
Peras viciantes !
Sophia disse…
Humhum Manu. ^^

Mensagens populares deste blogue

19 kinds of girls who bruise my soul

By João Lopes Marques (Eesti keeles)


There was a time, not too long ago, I believed I had become a misogynous guy. False. I wasn’t. Then I started fearing I was slightly gynophobic. Nope. I was just afraid to bump into another stupid girl. It wasn’t easy to understand it but 10 or 15 years later I realize I’m just too sensitive to 19 specific species of women. Indeed, I can even turn intolerant in presence of one of them. Such a phenomenon can be either personal taste or old trauma, I know. However, I don’t care anymore. I just confess the following kind of females have the power to bruise my soul:


1- The hologram girl

You think everything is fine, that that closeness is real, and you stretch your arm. Of course you wanted more and she let you play that game. For a week. A month. Sometimes even for years. Helàs! Now you understand you were living in a dream. “Why did she give me so many wrong signs”, you wonder; “João, I’ve seen you always as a very good friend”, she states.


2- The drink-…