quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Verme reles

Fingia. Mentia. Dissimulava. Caramba, era um bicho de conta.

5 comentários:

Manuela disse...

Que ordinário..1,2,3,4,5,6..infinitamenteordinário.

Miguel Palma disse...

O bichinho dissimula. Quando quer andar uns metritos, faz de conta que não nada lhe diz respeito; todo armado em maria-café...

o escriba disse...

Gosto das palavras. Gosto das frases.Gosto do "rato e do gato" com a Língua Portuguesa.
Hoje vou ficar e ler o resto de tudo, amanhã vou procurar os livros.

Um abraço
Esperança

João Lopes Marques disse...

Obrigado, Esperança. Há nomes que nos reforçam a mesma.

Abraço,

João

Manuela disse...

"Esperança sem risco não é esperança.Esperança é crer na aventura do amor, jogar no homem, pular no escuro, confiando em Deus."

Dom Helder Câmara

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.