quarta-feira, 31 de março de 2010

Saara

A areia. A sede. O Sol. Oblíquos nos seus camelos, Hassan e Saïd estavam desertos por chegar a Agadir.

1 comentário:

Manuela disse...

vou cantar..


Alá-lá-ô, ô ô ô ô ô ô
Mas que calor, ô ô ô ô ô ô
Atravessando o deserto de Saara
O sol estava quente e queimou a nossa cara
Alá-lá-ô, ô ô ô ô ô ô
Mas que calor, ô ô ô ô ô ô
Viemos do Egito
E muitas vêzes nós tivemos que rezar
Aláh! Aláh! Aláh! Meu bom Aláh!
Mande água pra iôiô
Mande água pra iáiá
Aláh, meu bom Aláh!

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.