terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Semitério

Porque ainda há quem morra às metades.

6 comentários:

Sofia disse...

ahahahah....lindo!

HMM disse...

Vai uma perna, vai a outra.

Isabel Metello disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Isabel Metello disse...

errata :) à

_ricards_ disse...

Genialíssimo!

ob disse...

Há quem morra sem mistérios a desvendar em sua vida, apesar da sombra em que repousa. Um cemitério. Outro, que conheci, viveu de desafiar a morte cem vezes ao ano. Acabou despedaçado, sem cemitério.

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.