domingo, 4 de novembro de 2012

Do egoísmo

Ainda se estabeleceram em Paraty. Mas Márcio vivia só para si.

6 comentários:

Rocío disse...

Mas é mais hedonismo do que egoísmo

João Lopes Marques disse...

Não, Rocío! Ela era mesmo um cabrão! :-)

Austra Lopes Pithecus disse...

Resulta-me uma pequena perplexidade, João: Ela era mesmo um cabrão ?Ele seria, eventualmente, uma cabra ?

Rocío disse...

Essa cena soa-me a novela brasileira hehehe

João Lopes Marques disse...

Novela das 6.

Manu disse...

Nananinanão...novelão das oito.

João, você já está enturmado com o dia a dia nosso..uau..

Haiku de merda

Levava uma Fuji, Mas do monte fugi, Sim, do Monte Fuji.