domingo, 24 de outubro de 2010

Diálogos há muitos

"Aonde?"
"Haiti."
"Ai de ti!"

6 comentários:

Obdulio Ortega disse...

Esta é uma história sem fim. Mais do que a dor de tê-lo longe de ti, é vê-lo chegar a um lugar que não existe, apenas para senti-lo assenhorear-se da consciência de si.

Rocío disse...

Permita-se-me dizer: os comentários do Obdulio fascinam-me :-)

Manu disse...

O Haiti é aqui..já dizia o poeta. Tempo de aprender, nem só para proteção interna serve o "Ob"..:))

Sofia disse...

Haiti não era um gel de banho há uns anos atrás??

Obdulio Ortega disse...

Agradeço a sua gentileza, Rocío. O seu nome, de serena conotação, faz-me lembrar, em português, de manhãs orvalhadas no campo. É só uma imagem, já que roço apenas palavras, ademais, infrutíferas...

Rocío disse...

Fiquei agora a gostar (mais) do meu nome :-)

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.