sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Praga de sempre



Este aeroporto traz-me memórias agridoces: um dia houve em que aterrei aqui solteiro, partindo casado e regressando divorciado. É uma interessante excepção neste mundo. Os três estados paradoxalmente na mesma cidade: sólido, líquido e gasoso. Talvez por isso lhe chamem Praga. Vou passando por cá, sim, mas felizmente que há muito dela me evaporei...

Sem comentários:

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.