terça-feira, 1 de março de 2011

Plasticidade

Antes o cirurgião do que ser o João. (E não é que foi mesmo à faca?)

3 comentários:

Austra Lopes Pithecus disse...

Claro, Jonas, é que,ao que me consta,
esse João era um falso clínico geral que anos a fio manipulou inocentes pacientes num consultório sito na Av. da Liberdade em Lisboa (salvo erro no mesmo edifício do DN).

Manuela disse...

Se a faca for a língua do João.Está pra lá de afiada. Sem anestesia.;)

ob disse...

Em cada facada do João, sangra poesia da tela do com-puta-dor.

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.