sábado, 17 de dezembro de 2011

Fanfarronice

Naquele seu jeito trocista, inconfundível aliás, garantia-nos Jean-Pierre que confundia pregos com parafusos. Não percebia a diferença. Que era um detalhe irrelevante. Mas isso foi só até lhe cair o martelo nos cornos. E acreditem que foi mesmo sem querer. A sério. A sério mesmo. Mesmo-mesmo.

2 comentários:

Manu disse...

E ainda tiveram que lhe pregar os cornos com pregos. Aparafusar não dava mais.
Aí ele entendeu a diferença.

João Lopes Marques disse...

Entendeu, pois.

Moleiro

Tinha aveia para o negócio.